terça-feira, 6 de março de 2012

Não tem muito tempo, eu senti aquela enorme vontade de fazer algo maior do que eu. Sabe aquele tipo de surto que dá na gente de querer ser alguém pra alguém; fazer alguma, mesmo mínima, diferença? Pois é... Senti vontade de sair da inércia que me toma. Voltar a viver por algo além do momento.

2 comentários:

Clara disse...

Oi moça linda!

saudades! vou tentar retornar aos meus cantinhos preferidos!

beijo grande!

Izau Melo † disse...

em uma dessas noites muito nostálgica decidi passar aqui, pra ler algumas coisas que andei sentindo falta...
fique surpreso, você continua progredindo muito e a cada novo texto uma erupção inquietante e intensa de sentimentalismo de concreto armado e argamassa...

parabéns, ao contrário de mim... não pare, você é grande...